Logo Contabilix

Contas a pagar: como fazer o controle na rotina da empresa

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

A gestão das contas a pagar é uma tarefa rotineira e burocrática, mas essencial à saúde financeira de todo negócio.

Sem um planejamento financeiro adequado e um alinhamento entre os prazos de recebimento e de pagamento, uma empresa pode entrar no vermelho e até quebrar, mesmo vendendo muito. 

Quer algumas dicas de como evitar que isso aconteça? 

Então, siga a leitura e descubra como organizar seu financeiro e manter as contas sempre no azul.

O que é o contas a pagar de uma empresa?

Contas a pagar é o nome contábil que se dá a todas as obrigações financeiras de uma empresa com prazo determinado para pagamento. 

São exemplos:

  • Boletos de fornecedores
  • Contas de água e luz
  • Salários dos funcionários
  • Pró-labore dos sócios
  • Encargos sociais
  • Impostos, etc.

No cotidiano pessoal, a palavra conta nos remete ao pagamento de uma fatura de cartão de crédito, de um comanda do restaurante ou da compra no supermercado.

No âmbito da contabilidade, o termo tem um significado diferente. 

Trata-se de um nome técnico dado aos elementos patrimoniais (bens, direitos, obrigações, patrimônio líquido) e de resultados (despesas e receitas). 

Do ponto de vista prático, você precisa entender que as contas a pagar fazem parte do plano de contas de toda empresa e têm relação com as contas a receber. 

Para que o fluxo de caixa seja positivo, portanto, os recebimentos precisam ser superiores aos pagamentos. 

Do contrário, o caixa entra no vermelho e o gestor se vê obrigado a recorrer a alternativas caras, como empréstimo para capital de giro ou antecipação de recebíveis

Processo de contas a pagar na contabilidade

As contas a pagar podem ser de curto, médio ou longo prazos, dependendo do tipo de compromisso assumido pela empresa. 

No universo das pequenas e médias empresas, as mais comuns são as contas semanais e mensais, como pagamento de salários, fornecedores e aluguéis. 

Entretanto, pode ocorrer de a empresa ter contas a pagar a longo prazo, como um financiamento de máquinas e equipamentos.

Contas a pagar é ativo ou passivo?

As contas a pagar compõem as contas patrimoniais da empresa e são classificadas como passivo, ou seja, são obrigações que precisam ser honradas. 

As obrigações (dívidas) com prazo de vencimento em até 12 meses são chamadas de passivos circulantes

Acima de 12 meses, são chamadas de passivos não circulantes ou passivos exigíveis a longo prazo.

Contas a pagar e a receber

Dentro do plano de contas contábil, pode-se dizer que as contas a pagar são o contraponto das contas a receber. 

Ambas são contas patrimoniais

Enquanto as contas a pagar são as obrigações que a empresa precisa cumprir, as contas a receber são os direitos (recebíveis) que ela tem perante terceiros. 

O exemplo mais factível de contas a receber são as vendas a prazo, mas entram na conta também os rendimentos financeiros, juros por atraso, restituições tributárias, etc.

Vantagens do controle de contas a pagar

Mesmo uma empresa que só compra e vende à vista tem contas a pagar que precisam ser controladas.

Afinal, os compromissos financeiros não abrangem apenas fornecedores: incluem impostos, encargos, salários, aluguéis, dentre outras obrigações. 

Para não correr o risco de ficar sem capital de giro e sufocar o negócio, o gestor precisa saber com certo grau de certeza o comportamento do fluxo de caixa futuro

Estimando quanto a empresa tem a receber, é possível assumir compromissos com segurança e tranquilidade.

O planejamento financeiro deve ser feito considerando as condições às quais cada tipo de negócio está inserido. 

Empresas que compram a prazo e vendem à vista, em tese, têm uma vantagem em relação às empresas que compram à vista e vendem a prazo. 

Na primeira hipótese, é possível compor um estoque sem a necessidade de desembolsar capital de imediato. 

Ao vender à vista, o gestor recebe a tempo de pagar o fornecedor e ficar com o lucro, ou seja, movimentou seu negócio com recursos de terceiros (fornecedor). 

Quando a situação é inversa (compra à vista e venda a prazo), há uma necessidade maior de capital de giro e o gestor precisa atentar-se ao prazo de recebimento.

Como organizar o sistema de contas a pagar

diferentes ferramentas para organizar as contas a pagar na sua empresa, desde uma simples planilha a sistemas avançados de gestão.

As ferramentas são essenciais, mas não trabalham sozinhas: é preciso usá-las do jeito certo para gerir com eficiência o departamento financeiro, conforme as dicas a seguir:

Planeje os prazos de pagamento e recebimento

Antes de assumir novas obrigações e aumentar o montante de contas a pagar, faça um planejamento e compare o prazo médio de recebimento (PMR) com o prazo médio de pagamento (PMP). 

Você até pode ter muito a receber, mas se o prazo for muito longo, seus compromissos de curto prazo podem ser afetados.

Evite atrasos

Atrasos penalizam o caixa com multas e juros – e isso não é bom para os negócios.

Dependendo da gravidade da situação, sua empresa pode sofrer prejuízos que vão além de financeiro, como redução do score de crédito por inadimplência. 

Em outros casos, empresas podem até ser excluídas do Simples Nacional por não cumprirem com o pagamento do DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional).

Se precisar, negocie

A boa gestão financeira busca sempre equilibrar as contas a pagar com as contas a receber, mas, se por alguma razão, faltar liquidez, não hesite em negociar. 

Procurar o credor e rediscutir os termos de uma dívida, seja parcelando o saldo ou diferindo o prazo, são opções melhores do que deixar a duplicada vencer.

Dica extra: não misture as contas da empresa com as pessoais

Parece óbvio, mas muitos micro e pequenos empresários ignoram essa regra básica. 

Não confunda, em hipótese nenhuma, seus compromissos com os do seu negócio: as contas a pagar da empresa são da empresa – as suas, são suas.

Como fazer uma planilha de contas a pagar

Você pode adotar diferentes ferramentas para gerenciar as contas a pagar de sua empresa, desde uma planilha simples a sistemas mais completos. 

Se você é habilidoso com o Excel, sabe que pode desenvolver sua própria planilha, inclusive com cara de sistema, devido à grande quantidade de recursos.

Caso não tenha intimidade com programas do tipo, confira um passo a passo de como fazer uma planilha simples de gerenciamento de contas a pagar no Google Planilhas. 

  • O primeiro passo é acessar o Google Drive, clicar em “Novo” no canto superior esquerdo da página e abrir uma Planilha Google em branco
  • Feito isso, coloque o título “Contas a pagar”, mescle e centralize a célula, e crie oito colunas com títulos para cada elemento que vamos discriminar, conforme a “Figura 1”.
  • Preencha os campos da coluna conforme indicado na “Figura 2”: atividade de cada fornecedor, número do documento, tipo, valor a ser pago e data de vencimento. 
  • Para não precisar atualizar o campo “data atual” manualmente, você pode usar a seguinte função: aperte =, escreva “TODAY” e aperte “Tab”. Assim, a data será atualizada automaticamente. 
  • Para descobrir quantos dias faltam para o vencimento, clique na célula “situação”, aperte =, clique na célula correspondente à data de vencimento e subtraia a data atual
  • O número que aparecer representará a quantidade de dias: se der negativo, significa que a conta a pagar já venceu. Se der positivo, ainda está dentro do prazo.

Esse é um modelo simples de planilha de controle de contas a pagar, mas é possível desenvolver opções mais completas usando fórmulas avançadas. 

Se você não é adepto de planilhas, pode pesquisar versões gratuitas de ERP (Enterprise Resource Planning) para pequenos negócios na internet. 

Algumas opções funcionam sem precisar de instalação.

Contabilidade online e a rotina de contas a pagar

Contas a pagar e a receber, conciliação bancária, emissão de guias e obrigações acessórias são exemplos de serviços que podem ser oferecidos pela contabilidade online

Graças à tecnologia e à automatização de diversas funções antes desempenhadas manualmente, o custo de um pacote de serviços contábeis reduziu significativamente. 

Por meio da contabilidade online, sua empresa tem acesso a informações confiáveis e atualizadas sobre o fluxo de caixa, prazo de recebimentos e pagamentos, indicadores de desempenho e muito mais. 

As ferramentas da contabilidade digital permitem alerta sobre datas de vencimento, régua de cobrança, compartilhamento de documentos em ambiente virtual, armazenamento em nuvem, dentre outras funcionalidades.

Troque de contador e organize as contas da sua empresa

Se você está precisando de ajuda profissional para gerenciar com mais eficiência as contas da sua empresa, a Contabilix pode ajudar. 

Somos uma plataforma de contabilidade online especializada em micro e pequenas empresas, sobretudo as optantes pelo Simples Nacional. 

Pensando em trocar de contador?

Esse é um direito seu e você nem precisa esperar o fim do mês ou do ano para tomar essa decisão. 

Venha para a Contabilix e ganhe o primeiro mês grátis

Tratamos todos os detalhes com sua contabilidade anterior para que você não tenha nenhum trabalho com a migração.

Aqui na Contabilix, cuidamos de todas as demandas operacionais do seu dia a dia para você ter tempo de focar no que realmente importa: seu core business.

Clique e conheça nossos planos. 

Se precisar de ajuda, acesse a nossa central de atendimento ou fale com um de nossos especialistas por WhatsApp.

Abra grátis seu CNPJ, sem sair de casa.

Jean Bitar

Jean Bitar

Fundador e CEO da Contabilix, empresário no mercado de Tecnologia desde muito cedo, formado em Ciência da Computação e Ciências Contábeis, com MBA em Auditoria e Perícia Contábil.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Contabilidade completa

A partir de

R$ 94/mês

Abra grátis seu CNPJ, sem sair de casa.

Fique por dentro!

Cadastre-se e receba nossas novidades por e-mail.