A importância da contabilidade para as pequenas empresas crescerem

A importância da contabilidade para as pequenas empresas crescerem

A importância da contabilidade para as pequenas empresas não chega a ser propriamente uma novidade. 

Contudo, ainda influenciados pela “velha escola” contábil, uma boa parcela dos líderes/gestores em negócios de pequeno porte acredita que sua função é estritamente burocrática.

Isso não é apenas um engano, mas um desperdício de oportunidades de crescimento.

Estamos na era da contabilidade 4.0, na qual a tecnologia permite tratar dados de natureza contábil para fins estratégicos. 

Sendo assim, a função do contador, hoje, vai muito além de apurar e pagar impostos.

A nova cara da contabilidade será mostrada neste artigo. 

Por isso, continue com a gente e saiba como fazer suas contas trabalharem a seu favor.

Qual a importância da contabilidade para as pequenas empresas?

A recente pesquisa “As PMEs que Mais Crescem no Brasil 2019”, da Deloitte, traz dados que só reforçam a importância da contabilidade para as pequenas empresas e a necessidade de contar com apoio contábil.

O estudo revelou que 78% das pequenas e médias empresas que mais crescem investem em novas tecnologias. 

Isso significa apostar em soluções como softwares contábeis, cloud computing, Big Data, entre outras de viés tecnológico aplicáveis à contabilidade.

Mas não é só pelo background em tecnologia que se deve considerar seriamente a parceria com uma empresa contábil. 

Afinal, não é porque estamos na era digital que antigos e importantes papéis deixaram de ser desempenhados. 

Conheça, na sequência, quais são as funções, umas tradicionais e outras nem tanto, que fazem da contabilidade uma área indispensável para o seu sucesso.

1. Segurança ao abrir empresa

Como todo início de jornada, os primeiros passos no meio empresarial são sempre os mais difíceis.

Afinal, há todo um desconhecimento a respeito dos riscos a serem enfrentados. 

Entre esses riscos, está o próprio processo de abertura de um negócio, no qual sobram trâmites burocráticos, cujo cumprimento pede orientação profissional.

Ainda que o tempo médio de abertura de um negócio, no Brasil, tenha caído para cinco dias, em alguns casos, pode demorar bem mais de uma semana.

Esse é um prazo precioso e que pode fazer muita falta para o empreendedor que não tem tempo a perder.

Assim sendo, ter o apoio da contabilidade, nesse momento, faz toda a diferença entre um processo que se arrasta por erros e um que corre de acordo com os prazos normais. 

2. Ter total controle financeiro sobre o negócio

Por mais que seja possível fazer o controle financeiro sem ajuda de profissionais, a verdade é que, para um leigo no assunto, sempre vai faltar alguma coisa.

Você pode até saber como realizar a parte básica da contabilidade, mas é certo que, em algum momento, vai faltar aquele “pulo do gato” ao tratar das finanças.

Quer um exemplo simples disso? 

Em PMEs, especialmente as familiares, um hábito comum é o uso do caixa da empresa por parte dos sócios para fazer retiradas pessoais. 

No curto prazo, esse costume pode não gerar grande impacto financeiro. No entanto, é na hora de publicar o DRE (Demonstrativo de Resultados do Exercício) que se verifica o tamanho do rombo.

Ter o apoio contábil, nesse sentido, ajuda a manter o controle sobre as finanças, inclusive educando sócios a respeito de bons hábitos de gestão.

3. Estar em dia com obrigações fiscais e tributárias

Com imposto não se brinca, concorda? 

Até mesmo pequenas e médias empresas tributadas pelo Simples Nacional têm uma carga razoável de tributos para apurar e pagar.

Embora eles sejam pagos em guia única, há uma série de obrigações acessórias que tomam tempo e exigem conhecimento para serem cumpridas conforme as regras.

Para isso é fundamental ter o auxílio contábil, única maneira de garantir a conformidade dos processos e o uso adequado das plataformas digitais vinculadas ao SPED Fiscal. 

4. Contar com informações úteis para a tomada de decisão

Aqui, a importância da contabilidade para as pequenas empresas é ainda maior.

Imagine que, em um mês, a empresa passou por um aperto financeiro em virtude da diminuição abrupta nas vendas. 

Na maioria dos casos, a primeira medida que o gestor aflito toma é recorrer ao empréstimo para cobrir capital de giro e demais obrigações. 

Mas será que essa é a melhor decisão?

Essa e muitas outras situações em que é necessário dar uma resposta à altura pode ser encarada com mais tranquilidade quando se tem o apoio contábil.

5. Obter crédito com maior facilidade

Por falar em empréstimo, nunca a demanda por crédito esteve tão alta no Brasil.

Em um cenário como esse, a tendência é que bancos e instituições financeiras apertem mais na hora de exigir garantias para concessão de empréstimos ou financiamentos.

A contabilidade, por sua vez, saberá orientar o empresário no sentido de cumprir as exigências dos bancos antes de solicitar crédito. 

Dessa maneira, as chances de ter um eventual pedido aprovado logo na primeira tentativa são muito maiores do que se fosse feito por conta própria.

6. Economizar em impostos, juros e multas

Pagar impostos com atrasos ou enviar obrigações acessórias com inconsistências são erros que geram multas e juros incidentes. 

Como você deve saber, o fisco brasileiro não tolera essas situações. 

Para empresas, pagamentos extemporâneos podem significar multas de até 20% do valor devido, como acontece no Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ). 

Não vale a pena correr esse risco, certo?

E fugir dele é mais um dos motivos que atestam a importância da contabilidade para as pequenas empresas.

7. Desenvolver a parte estratégica

Gestores que não conhecem ou não valorizam a contabilidade em pequenas empresas, em geral, ignoram o seu valor estratégico. 

Por exemplo, só por meio da contabilidade é possível fazer a escolha pelo regime tributário de forma a pagar menos impostos. 

O mesmo vale quando se buscam formas de ser menos tributado por meio de estratégias de elisão fiscal ou aproveitamento de créditos tributários. 

Por que a contabilidade online é ideal para pequenas empresas?

Depois de compreender a importância da contabilidade para as pequenas empresas, resta só encontrar o parceiro ideal para esse processo, não é mesmo?

E ele está muito mais acessível do que muitos empresários pensam.

A contabilidade 4.0 tem uma característica que a aproxima de pequenas e médias empresas: ela é totalmente online.

Essa é a melhor forma de garantir custos adequados à realidade de uma PME sem perda na qualidade e na agilidade no atendimento.

Por isso, e pelas razões que você acaba de conhecer, a contabilidade online é a que mais se ajusta às necessidades típicas das empresas de pequeno e médio porte.

Conclusão – Deixe a contabilidade otimizar sua empresa

Não há dúvidas sobre a importância da contabilidade para as pequenas empresas. 

Afinal, um negócio vencedor se faz com trabalho em equipe, não acha?

Considere que o valor que você paga pela contratação de uma contabilidade online, com o tempo, se revela um importante investimento, gerando retorno na forma de redução de custos.

Não parece uma ótima ideia?Se você concorda, venha falar com a gente para saber mais como a Contabilix pode ajudar sua empresa com serviços de contabilidade online, seja para formalizar seu negócio ou trocar de contador.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *