Corretor de imóveis pode ser MEI? Descubra

Corretor de imóveis pode ser MEI? Descubra

Pesquisando se o corretor de imóveis pode ser MEI?

Então você acaba de encontrar o artigo que vai esclarecer as suas dúvidas.

Afinal, atuar como pessoa jurídica no mercado imobiliário tem diversas vantagens, como eficiência tributária, acesso a linhas de crédito, emissão de notas fiscais, entre outras. 

Os benefícios valem tanto para o profissional que pretende trabalhar como prestador de serviços quanto para quem deseja abrir a própria imobiliária. 

Continue a leitura e descubra se o corretor de imóveis pode ser MEI.

Corretor de imóveis pode ser MEI?

Não, corretor de imóveis não pode ser MEI.

Para exercer a profissão, instituída legalmente desde 1962, o corretor de imóveis precisa ser registrado no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI). 

As profissões regulamentadas, de cunho intelectual e que exigem formação técnica, não são contempladas pela lista de ocupações permitidas ao Microempreendedor Individual.

Corretor de imóveis, portanto, não pode ser MEI.  

Se corretor de imóveis não pode ser MEI, como ter minha empresa?

O fato de o corretor de imóveis não poder ser MEI não o impede de ter uma empresa para prestar serviços individualmente ou abrir uma empresa imobiliária

O primeiro passo é escolher a natureza jurídica da empresa. 

Caso você queira empreender sozinho, pode abrir um CNPJ como Empresário Individual (EI) ou optar pela Sociedade Limitada Unipessoal (SLU).

Criada pela Lei da Liberdade Econômica, a SLU tem uma vantagem importante: a separação do patrimônio pessoal do empresarial.

No caso do EI, isso não acontece.

Caso queira abrir uma empresa em conjunto com outros sócios, há outros tipos jurídicos, como a Sociedade Limitada ou Sociedade Simples.

O passo seguinte é definir qual será o regime tributário da empresa. 

Caso seu negócio se enquadre como Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte, é possível escolher o Simples Nacional.

Entre outras vantagens, o Simples reúne em uma só guia até oito tipos de tributos e, de maneira geral, reduz a carga tributária sobre as micro e pequenas empresas.

Contudo, é importante fazer as contas: dependendo do tamanho da receita da empresa, pode ser que outros regimes, como Lucro Presumido e Lucro Real, sejam mais eficientes. 

Quanto um corretor de imóveis paga de impostos?

Caso o corretor de imóveis opte pelo Simples Nacional, é importante observar, além do Fator R, a origem das receitas para o cálculo dos impostos.

O faturamento com corretagem e assessoramento locatício, por exemplo, é tributado conforme o Anexo III, com alíquotas que variam de 6% a 33%.

A administração e locação de imóveis de terceiros, por outro lado, são tributadas conforme o Anexo V, com alíquotas que variam de 15,5% a 30,5%, podendo cair no Anexo III dependendo do Fator R.

Leia nosso artigo sobre o Fator R e saiba mais.

Abra sua empresa com a Contabilix

Agora você sabe que corretor de imóveis não pode ser MEI, mas pode ser ME, EPP, ter sócio ou empreender sozinho, dependendo do tipo jurídico escolhido. 

Se pretende abrir um CNPJ de corretor de imóveis e aproveitar os benefícios de ser uma pessoa jurídica, venha para a Contabilix.

Aqui, abrir CNPJ é grátis e pode ser feito pela internet.

Basta acessar a nossa plataforma, fazer o seu cadastro e enviar as informações básicas que nós cuidamos de todos os detalhes.

Em até 15 dias úteis, você terá seu CNPJ registrado e pronto para começar a faturar.