A contabilidade online para MEI oferece serviços sob medida para manter a microempresa sempre em dia.

Apesar dos trâmites simplificados, o microempreendedor individual tem várias obrigações para cumprir e nem sempre está familiarizado com impostos, documentos e burocracias.

Por isso, o apoio profissional de um contador é muito bem-vindo para ajudar na gestão e impulsionar o crescimento da microempresa — e se for tudo pela internet, melhor ainda. 

Neste artigo, você vai entender para que serve a contabilidade online para MEI e quais serviços estão disponíveis no mercado.

Siga a leitura e dê o primeiro passo para evoluir seu negócio

Como funciona a contabilidade online para MEI?

A contabilidade online para MEI inclui todos os serviços necessários para manter o microempreendedor individual em dia com suas obrigações.

Ou seja: funciona como um escritório de contabilidade virtual, mas com a vantagem de possuir um custo-benefício mais atrativo e soluções mais ágeis.

Apenas para lembrar você, estes são os requisitos para se tornar um MEI:

  • Faturar até R$ 81 mil por ano
  • Não participar como sócio, administrador ou titular de outra empresa
  • Exercer uma das atividades econômicas permitidas (CNAE)
  • Contratar no máximo um funcionário.  

Geralmente, esses microempreendedores trabalham sozinhos — ou com apenas um colaborador — e não têm muito tempo para cuidar da gestão fiscal, tributária e trabalhista do seu negócio. 

Também é comum a falta de conhecimento sobre os trâmites contábeis, principalmente em relação à declaração anual exigida e questões trabalhistas. 

Além disso, o MEI está habituado a fazer tudo pela internet, já que a própria empresa dessa categoria pode ser aberta online, diretamente no Portal do Empreendedor-MEI.

Logo, a contabilidade online para MEI é uma ótima solução para quem não quer se preocupar com os registros, declarações e impostos — e prefere usar seu tempo para se dedicar ao crescimento do negócio

A contabilidade online para MEI é obrigatória?

De acordo com o Portal do Empreendedor-MEI, a contabilidade online para MEI não é obrigatória.

Isso porque os microempreendedores individuais não são obrigados a manter um serviço contábil formal (presencial ou online) ou possuir livro caixa. 

Essa simplificação faz sentido, considerando que a proposta do MEI é ajudar trabalhadores autônomos e pequenos empreendedores a se formalizarem no mercado — e uma alta carga de exigências dificultaria a adesão.

Logo, as tarefas contábeis mais básicas como pagamento mensal do carnê podem ser realizadas pelo próprio empreendedor, sem qualquer problema. 

Porém, existem outras obrigações mais complexas que tornam a ajuda de um contador muito bem-vinda, como a entrega da declaração anual e processo de contratação do funcionário. 

Além disso, o MEI que pretende ampliar seu negócio precisa do apoio de um profissional para gerenciar a empresa de forma mais eficiente e abrir caminho para o crescimento.

Então, apesar de não ser obrigatória, a contabilidade online para MEI é um serviço importante para os microempreendedores com visão mais ampla e vontade de crescer. 

6 serviços da contabilidade online para MEI

A contabilidade online para MEI oferece diversos serviços para apoiar a gestão da empresa e melhorar seus resultados.

Veja quais são as soluções mais comuns no mercado. 

1. Abertura do MEI

A maioria dos escritórios e serviços de contabilidade online que atendem Simples Nacional oferecem a abertura do MEI gratuitamente. 

Isso porque o processo é bastante simples e pode ser feito 100% online, diretamente pelo Portal do Empreendedor-MEI.

Para abrir a empresa, serão necessários apenas os dados pessoais do titular (CPF, data de nascimento, endereço, título de eleitor, etc.) e o recibo de entrega da Declaração Anual de Imposto de Renda Pessoa Físic (DIRPF), caso esteja obrigado a entregar.

Após o preenchimento dos dados, o CNPJ é gerado na hora e o empreendedor já pode imprimir sua primeira guia de pagamento mensal.

2. Pagamento mensal do DAS

Outro serviço básico oferecido ao MEI é o pagamento mensal do DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional), que unifica todos os impostos devidos pelo empreendedor.

Em 2020, estes são os valores do carnê:

  • Comércio e indústria (ICMS): R$ 53,25
  • Serviços (ISS): R$ 57,25
  • Comércio e Serviços (ICMS e ISS): R$ 58,25.

Lembrando que R$ 52,25 são destinados apenas à contribuição do INSS em todos os setores. 

Em caso de atraso no pagamento do DAS, as guias devem ser reimpressas para regularizar a situação. 

3. Preenchimento do relatório mensal das receitas brutas

Apesar de não ser obrigado a manter um livro caixa, o MEI deve preencher o Relatório Mensal das Receitas Brutas.

Há um modelo disponível para download no Portal do Empreendedor-MEI, com campos para preenchimento de receitas obtidas com a revenda de mercadorias (comércio), venda de produtos industrializados (indústria) e prestação de serviços. 

Para os empreendedores que têm dificuldade em manter o controle sobre as vendas e organizar seus documentos, deixar o preenchimento desse relatório com o contador é a melhor solução.

Além de registrar o histórico de faturamento da empresa, o documento facilita a entrega da declaração anual e pode ser complementado com as notas fiscais emitidas.

4. Envio da Declaração Anual Simplificada

Todo MEI é obrigado a enviar a Declaração Anual Simplificada de seu faturamento, ou DASN-SIMEI.

Com o serviço profissional de contabilidade online para MEI, a transmissão do documento é garantida e o empreendedor não corre o risco de perder o prazo ou preencher com dados incorretos.

Em 2020, por exemplo, a declaração deve ser entregue até o dia 31 de maio, contendo as informações sobre o faturamento de 2019. 

Se a declaração for entregue com atraso, o MEI pode pagar multa a partir de R$ 50,00 ou 2% ao mês-calendário — para quem regularizar a situação em até 30 dias, a multa é reduzida para R$ 25,00.

5. Apoio na contratação e registros do funcionário

Um dos serviços mais valorizados na contabilidade online para MEI é o apoio para contratar e manter um funcionário. 

Segundo a lei, o MEI pode contratar apenas um colaborador com remuneração de um salário mínimo ou piso salarial da categoria, e é obrigado a seguir as normas da CLT — que não são nada simples para quem não está acostumado. 

Além disso, a partir de 2020, o microempreendedor individual deve inserir os dados do funcionário no sistema do eSocial, incluindo folha de pagamento e exames admissionais, periódicos e demissionais.

6. Consultoria tributária

Apesar de os impostos do MEI serem pagos em uma guia única mensal, os empreendedores dessa categoria podem ter dúvidas na hora de declarar seu Imposto de Renda. 

O erro mais comum é pagar o maior percentual do IR, considerando os lucros obtidos como renda da pessoa física — o que não se enquadra, na maioria dos casos. 

Por isso, é importante contar com o serviço de um contador para economizar nos tributos e otimizar a gestão fiscal.

Como evoluir de MEI para ME com a contabilidade online

A contabilidade online para MEI também oferece um serviço que todo microempreendedor quer contratar: a migração de MEI para ME (Microempresa).

Afinal, se você foi desenquadrado do MEI, significa que ultrapassou o faturamento máximo e está em pleno crescimento, pronto para avançar para uma nova categoria.

Logo, as empresas contábeis online possuem uma solução sob medida para apoiar esse processo.

A Contabilix, por exemplo, realiza o desenquadramento do MEI e gera toda a documentação necessária para transformar sua empresa em ME gratuitamente — você paga somente as taxas do governo. 

Para fazer a migração, você só precisa informar os dados do MEI e deixar que a equipe de contadores prepare os documentos para a nova fase da sua empresa. 

Depois, você ainda pode contar com os serviços de excelente custo-benefício, agilidade e eficiência da Contabilix, que gera uma economia de até 90% nos gastos com contador.

Para você ter uma ideia, estes são alguns dos serviços inclusos na mensalidade da sua futura ME:

  • Todas as obrigações legais com Receita Federal, Estado e Prefeitura
  • Cálculo e emissão das guias de impostos
  • Envio do Imposto de Renda da Empresa anual – IRPJ (ECF, DEFIS)
  • Relatórios contábeis: DRE, Balanço Patrimonial, Balancete, Livro Caixa e etc;
  • Obrigações acessórias como DCTF e SPED
  • Emissão de notas fiscais eletrônicas online
  • Atendimento dedicado via central de ajuda, chat e telefone
  • Assessoria completa nas áreas trabalhista, societária, contábil e fiscal.

Inclusive, se você ainda está começando, saiba que a abertura de empresa na Contabilix é gratuita

Entendeu como funciona a contabilidade online para MEI e por que é vantajoso contratar esse serviço?Então aproveite as facilidades dos serviços contábeis online — e quando evoluir para ME, experimente as soluções da Contabilix.


Jean Bitar

Jean Bitar é fundador e CEO da Contabilix, empresário no mercado de Tecnologia desde muito cedo, formado em Ciência da Computação e Ciências Contábeis, com MBA em Auditoria e Perícia Contábil.

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *