Como abrir CNPJ para arquiteto e evoluir na carreira

Como abrir CNPJ para arquiteto e evoluir na carreira

Abrir CNPJ para arquiteto é um passo importante para evoluir na carreira e conquistar sua independência.

Ao formalizar seu escritório próprio, você profissionaliza sua gestão e tem mais chances de atrair bons clientes, além de reduzir a carga tributária.

Felizmente, o processo é bastante simples e o negócio pode começar a operar em poucas semanas.

Ficou interessado em saber como abrir CNPJ para arquiteto?

Continue lendo e veja como empreender na sua profissão. 

Como abrir CNPJ para arquiteto

Abrir CNPJ para arquiteto é um processo simples e está cada vez mais rápido

Com a digitalização dos sistemas do governo, o tempo médio para abertura de empresas foi reduzido.

Para abrir um escritório de arquitetura, com ou sem sócios, basta escolher um tipo jurídico, elaborar um contrato social (ou ato constitutivo) e fazer o registro na junta comercial correspondente ao local da sede.

Esse processo deve ser acompanhado por um contador profissional, que conhece a legislação e pode agilizar os trâmites burocráticos, além de garantir que a empresa seja enquadrada nos regimes mais vantajosos. 

A partir do momento em que o arquiteto decide abrir um CNPJ, leva poucas semanas para concluir a formalização da empresa e dar início às atividades.

Vale a pena abrir CNPJ para arquiteto?

A grande questão é se vale a pena abrir CNPJ para arquiteto. 

Basicamente, a decisão depende do momento da carreira que o profissional está vivenciando.

No início, atuar como autônomo é mais simples, mas o arquiteto precisa pagar o Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF), seguindo a tabela geral com alíquotas que aumentam conforme o faturamento, chegando a 27,5% nos ganhos acima de R$ 4.664,68.

Com um CNPJ, é possível diminuir essa carga tributária entrando no regime do Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real.

Logo, conforme o arquiteto vai conquistando mais clientes e aumentando sua renda, se torna vantajoso abrir empresa por conta dos impostos.

Além disso, ter um CNPJ é uma forma de profissionalizar o negócio e atrair clientes melhores, já que o profissional passa a emitir nota fiscal eletrônica de serviços (NFS-e) e amplia sua atuação no mercado.

Passo a passo para abrir CNPJ para arquiteto

Se você pensa em abrir CNPJ para arquiteto, precisa entender como funciona o processo.

Acompanhe o passo a passo.

1. Crie seu plano de negócio

Se você já presta serviços como autônomo, o próximo passo é começar a empreender com seu próprio escritório.

Para isso, você deve planejar toda a estrutura da empresa, definindo nome, sócios, sede, público-alvo, capital inicial, entre outros detalhes que serão registrados no plano de negócio.

Esse passo é fundamental para começar sua empresa com uma gestão profissional e sem imprevistos.

2. Escolha um tipo societário

O tipo societário é a forma jurídica de registro da empresa, que determina o quadro societário e a finalidade do negócio.

Como arquiteto, estas são as opções mais comuns de formalização:

  • Empresário Individual (EI): é composta por um único titular, que responde pelas obrigações da empresa com seu patrimônio pessoal
  • Sociedade Limitada (LTDA): é composta por dois ou mais sócios com responsabilidade limitada sobre as obrigações da empresa
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI): é composta por um único titular e exige um capital social de 100 salários mínimos (o patrimônio pessoal é separado do empresarial)
  • Sociedade Limitada Unipessoal: permite a abertura de uma empresa sem a necessidade de um capital mínimo.

Lembrando que o arquiteto está impedido de se formalizar como Microempreendedor Individual (MEI), pois a atividade não é permitida. 

3. Defina o regime tributário

Na hora de abrir CNPJ para arquiteto, é preciso escolher um regime tributário, que irá definir como a empresa apura e recolhe impostos.

Nesse caso, existem três opções:

  • Simples Nacional: regime simplificado para micro e pequenas empresas que faturam até 4,8 milhões ao ano, com recolhimento de impostos em guia única
  • Lucro Presumido: regime que calcula os impostos com base em uma presunção de lucro de acordo com a atividade
  • Lucro Real: regime que calcula os impostos com base no lucro líquido da empresa, apurado pela contabilidade. 

No Simples Nacional, há um mecanismo chamado Fator R que define se o escritório será enquadrado no Anexo III, com alíquota de 6% a 33%, ou no Anexo V, com alíquota de 15,5% a 30,5%. 

Já no Lucro Presumido, a presunção de lucro para atividades de arquitetura é de 32% sobre o faturamento, e as principais alíquotas são de 15% do IRPJ (mais 10% sobre o que exceder R$ 20 mil) e 9% de CSLL (fora o ISS e outros tributos). 

No Lucro Real, as alíquotas do IRPJ e CSLL são as mesmas, mas o valor é calculado com base no lucro efetivo (ou prejuízo) que a empresa teve.

4. Elabore o contrato social

Com todos os enquadramentos da empresa definidos, o próximo passo é elaborar um contrato social.

Esse documento é como uma certidão de nascimento da empresa, que oficializa seu nome, dados dos sócios, capital social, endereço fiscal, objeto social, regras de participação dos sócios, entre outros dados.

5. Faça o registro da empresa 

Por fim, o contrato social ou ato constitutivo deverá ser registrado na junta comercial da região para obtenção do CNPJ de arquiteto.

Depois, ainda é preciso fazer a inscrição municipal e credenciamento para emitir NFS-e pela Prefeitura.

Em alguns casos, pode ser necessário um alvará de funcionamento e licenças específicas — negócios de baixo risco estão dispensados dessa etapa.

Como abrir CNPJ para arquiteto sem pagar nada

Sim, é possível abrir CNPJ para arquiteto com apoio contábil e sem pagar nada: é só escolher a Contabilix.

Somos uma empresa de contabilidade online que oferece abertura de CNPJ gratuita (sem cobrança de honorários) em até 20 dias úteis. 

Você só precisa enviar os dados da empresa e aguardar a elaboração do contrato social, que também pode ser protocolado pelos nossos contadores, para que você não precise sair de casa.

Viu como é simples abrir CNPJ para arquiteto?Então, aproveite a oportunidade de abrir empresa grátis e formalize seu negócio.